O Menino da Infância aos Quarenta

Poesia
Formato: 14x21
124 páginas
Artemio Zanon
Escritor de Florianópolis – SC
Valor: R$10,00

O menino da infância aos quarenta

Era Lua Minguante para Nova
Quando, no mês-das-flores deste oitenta
Seguindo o calendário inexorável,
Perplexo, entrei na casa dos quarenta.

Afeito ao verso, não descuido a prece
Que, confesso sincero, humildemente,
É a salutar maneira de encontrar-me
Em contínua Poesia e Solidão.

Como se vê, ignoro muita coisa
Mas sempre tenho tempo suficiente
Para ocupar-me nesta sã tarefa.

O menino da infância vive em mim
Os seus melhores dias neste ciclo
E me encontro em contínua produção.